segunda-feira, 3 de julho de 2006

Dia do Vinho @Palácio da Bolsa, 2 de julho '06


Pelo segundo ano a ViniPortugal quis celebrar o Dia do Vinho. É uma ideia recente, com mérito, mas, provavelmente, a repensar. Uma questão de datas, ou dias da semana, ou calor e praia, ou depois da selecção vencer a Grande Bretanha precisava-se mais de Frizes e Vidagos que copos de vino? Não sei, mas é certo que o vinho merece mais.

Fiquei-me praticamente por provas de brancos e rosés, excepção 3 tintos da Quinta de la Rosa, Vale da Clara 2005, Quinta de la Rosa 2004 e Quinta de la Rosa Reserva 2004, um Quinta de Azinhate 2004, e 2 Porto Vintage, Borges 2003 e Quinta de la Rosa 2004 (este último em amostra, mas já o lote final). Ainda bebi um Quinta do Noval, demasaido quente, com uns pedacitos de Roquefort.

Enfim, agradável para rever alguns amigos (incluindo o Saca-a-Rolha) e provar algumas coisas interessantes numa onda muy relax.

ViniPortugal, ViniPortugal
Não há outra igual.

2 comentários:

Nuno de Oliveira Garcia disse...

Roseira,

Também achei o Noval demasiado quente.Foi óptimo encontrar-te por lá.

Abraço amigo,

N.

João Barbosa disse...

acho que perdi alguma coisa de extraordinário. não posso perder novamente o Alfa para o Porto...

 
eXTReMe Tracker