segunda-feira, 13 de novembro de 2006

WineGeek's @Cêpa Torta, náLijó



Quase no fim das vindimas, como que um jantar de despedida das fermentations 2006, um grupo de winegeeks rumou àLijó (n.Ed.: para quem não é do Douro a vila de Alijó é referida pelos autóctones com áLijó, assim não se diz fui a Alijó mas sim fui áLijó, ou venho de Alijó em alijoense, pinhoense, ..., é venho d'áLijó) para um jantar com 2 pretextos: provar uma catrefada de novidades de 2004 e proporcionar uma refeição sem sopa de feijão com batata e arroz e massa e couve galega a dois sacrificados estrangeiros (ela brasileira, ele suíço) que aterraram na Quinta do Passadouro para experimentarem o rigor das vindimas no Douro.

O restaurante Cêpa Torta, do chef Rui Paula e Cristina Ribeiro, é um Oásis (não confundir com o estabelecimento com este nome também n'áLijó) no Douro. Casa de fama antiga pela comida regional e pela arte de bem receber, não ficou agarrada e contente com esse estatuto, pelo contrário tem evoluído e é hoje uma realidade incontornável na boa mesa do Vale do Douro. Na cozinha, nos vinhos e no serviço.
Sentimo-nos bem aqui, temos vontade de voltar aqui.

O Chef Rui preparou um menu especial onde brilharam a Terrina de Foie e o Gratinado de Maçã com gelado bom.
Nos vinhos houve surpresas de 2003, a certeza que os 2004 estão muito bons e o Vértice Super Reserva 2000 bruto zero que já se tornou o fetiche d'áLijó e arredores.

Uma nota final para o carácter cosmopolita desta cena, com a lista das nacionalidades presentes: portugal, españa, france, suisse, brasil.
tásse n'áLijó.

2 comentários:

Anónimo disse...

Sorry, mas na verdade é

ALJÓ

Killer Be
(mas esqueci-me da passwd)

Pingus Vinicus disse...

Ó Roseira, não queres participar no 1º Congresso de Enobloguistas (vulgo jantarada) a decorrer em Janeiro de 2007. Será no dia 12 ou dia 13 desse mês, ainda não está decidido.

Diz qualquer coisa.

Rui Miguel

 
eXTReMe Tracker